top of page
4192.jpg

Artigos

Paletização


A paletização é um método de organização de estoque onde a empresa armazena produtos e materiais sobre paletes, que podem ser manuseados de forma mais prática e ágil.

Esse método é capaz de aumentar a produtividade e reduzir os custos da gestão de estoques (tanto de produtos acabados quanto de materiais) de uma indústria e por isso é muito utilizado. Assim, é possível movimentar os paletes utilizando empilhadeiras e transpaleteiras de forma muito mais rápida e eficiente.



Principais recursos:

  • Melhorar a organização do estoque;

  • Facilitar o transporte;

  • Tornar o manuseio das mercadorias mais prático;

  • Aprimorar o desempenho da locomoção de maneira geral.


Vantagens da Paletização


A paletização de produtos e mercadorias pode trazer diversas vantagens para a logística da uma empresa:

  • Agilidade na movimentação de mercadorias;

  • rapidez para o processo de carga e descarga;

  • segurança para os produtos armazenados;

  • organização;

  • controle sobre o inventário;

  • otimização do espaço;

  • redução de perdas e danos;

  • menos acidentes de trabalho;

  • facilidade para aplicar a rastreabilidade.


Para deixar o trabalho ainda mais eficiente, é recomendada a utilização de um software ERP, com um módulo de gerenciamento de estoque.


Adotar o processo de paletização de cargas trás ainda mais vantagens para o processo de armazenagem e viagem das mercadorias. Ele é prático de incorporar à rotina de transporte e ainda otimiza tempo bem como espaço, facilitando o trabalho do caminhoneiro.


Importância da Paletização


Sem dúvidas que a grande vantagem na utilização paletização de cargas é a otimização da logística de armazenagem. Desse modo, com as cargas devidamente paletizadas em uma única movimentação temos o deslocamento de muitos produtos, tornando o processo mais ágil e eficaz.


Manter os produtos sobre os paletes é tão eficiente que em muitos casos os próprios clientes exigem que as cargas sejam entregues nessa condição. Nesse sentido, a utilização dos paletes se tornou muito comum entre as empresas tornando o acessório logístico muito presente no cotidiano operacional.


Um outro ponto de destaque é em relação a segurança dos processos logísticos. Isso porque, os paletes evitam que o operador tenha de mover individualmente as cargas, proporcionando maior segurança tanto à mercadoria quanto ao operador. A carga sobre o palete também facilita o processo de distribuição de carga e acondicionamento no transporte.


Paletização Robotizada


A paletização robotizada trabalha de forma automatizada, por meio do uso de um controlador lógico programável (CLP), Robô industrial e uma garra robótica capaz de manusear os produtos a serem paletizados.


Esse método é vantajoso porque é muito mais rápido, seguro e requer menos manutenção do que uma paletizadora convencional.


Paletização Convencional


Aqui a paletização acontece com máquinas que usam esteiras transportadoras para levar em fila os produtos até uma mesa onde é formado o padrão desejado. Isso é repetido até que diversas filas sejam formadas e a camada esteja pronta.


A vantagem é que é um sistema mais rápido e seguro do que a paletização manual.



Layout funcional ou paletização funcional


O layout funcional é um dos processos de paletização que se caracteriza por manter os recursos e equipamentos agrupados, de acordo com as atividades que desempenham. Geralmente, as maquinas utilizadas para uma determinada função são agrupadas em um local específico, enquanto outros recursos utilizados para funções diferentes são agrupados em outro lugar.


Ou seja, no processo de paletização funcional, as maquinas e recursos necessários para cada tarefa, já estarão agrupados no setor que elas devem ser utilizadas, facilitando assim, o trabalho das equipes, otimizando o tempo e melhorando a organização dos espaços.


Layout em células ou paletização em células


Como o próprio nome sugere, esse tipo de paletização visa criar células específicas para cada tipo de produto. Ou seja, a ideia é agrupar apenas a quantidade de itens necessários para uma determinada tarefa.


Por exemplo, dentro de uma fábrica, esse tipo de paletização pode servir para formar famílias de peças específicas para a produção de um produto, para um determinado cliente. Geralmente, o processo requer um fluxo contínuo ou, pelo menos, com lotes pequenos.


As células ajudam a reorganizar a planta e os recursos de produção, pois, criam locais dedicados ao transporte e armazenagens de materiais de uso comum para a mesma tarefa.



Layout de linha ou paletização de linha


O processo de paletização de linha se caracteriza por uma armazenagem que segue um fluxo pré-determinado da produção, desde o início até o final. Os recursos são distribuídos para atender a necessidade de matéria-prima a ser utilizada.

Dessa forma, se estabelece uma linha de produção, em que a matéria-prima chega, exatamente, nos locais que as peças estão sendo produzidas. Um exemplo prático desse processo de paletização, seria uma linha de montagem de veículos.



Layout pela utilização ou paletização pela utilização


O processo de paletização por utilização também é bem interessante, pois tem como objetivo disponibilizar os produtos, de acordo com a necessidade de suas produções. Desta forma, geralmente, a matéria-prima é solicitada com antecedência, para serem carregadas em um palete e entregue à linha de produção.

Esse método requer bastante planejamento, já que demanda tempo para organizar os itens com antecedência. No entanto, simultaneamente, ele otimiza o processo de produção, pois tem a possibilidade de posicionar os materiais, seguindo uma ordem para serem descarregados.



Tipos de Paletes


Paletes são essenciais aos processos de paletização e possuem características importantes. São fabricados com diferentes tipos de materiais, a escolha depende muito do seu uso, tipo de carga que deve comportar e quantidade de peso a ser carregada. Os sistemas de paletização, movimentação e transporte da MCK Handling trabalham com qualquer tipo de palete e carga a ser produtos a ser paletizado.


  • Madeira: o mais utilizado, tem valor acessível e montagem fácil;

  • Plástico: é mais higiênico e fácil de limpar, além de ter durabilidade maior. É muito utilizado no armazenamento de bebidas e alimentos;

  • Metal: mais resistente, é usado no transporte de materiais pesados;

  • Papelão: mais leve, é utilizado principalmente no modal aéreo.


A escolha do tipo de palete deve considerar todas as especificidades do seu processo logístico.


Commenti


bottom of page